Como aumentar em 40% (ou mais) o número de visitas do seu site deixando-o otimizado.

Muitos empreendedores acreditam que para ter um negócio de sucesso na internet basta ter um site e pronto, a mágica acontecerá sozinha, mas não é bem assim.

Um site deve ser encarado como uma ferramenta, e como tal precisa ser manuseado corretamente, recebendo constantes atualizações e manutenções periódicas para que seu funcionamento seja sempre perfeito.

Mas infelizmente, nem todos pensam assim e a maioria dos empreendedores que já tem um site publicado não se importam em mante-lo atualizado, publicando sempre informações pertinentes, deixando o site cada vez mais interessante para quem está visitando.

Em alguns casos isso acontece porque tiveram informações ou experiências no dia-a-dia de que,  para se manter um site é preciso muito investimento e muito conhecimento técnico para que novas informações sejam publicadas constantemente.  Mas (felizmente)  isso não é verdade.

Apesar de muitos simplificar a importância de um site, por acreditar que ele tem apenas a limitada função de informar detalhes sobre à empresa e exibir seus dados de contato, saiba que o papel de um site vai muito além disso.

Com um bom site é possível:

  • Captar Leads (se você não sabe o que é um Lead clique aqui)
  • Servir como catálogo de produtos e serviços, rico em informações, possibilitando que o visitante conheça e esclareça todos os detalhes antes de realizar uma compra.
  • Servir como canal de contato para quem está interessado no que você tem para oferecer, facilitando ainda mais o contato entre pessoas que, geograficamente se encontram distantes.  Em outras palavras com um site sua empresa não se limita a realizar negócios apenas com consumidores locais mas, com consumidores do país inteiro e até mesmo de fora do país, 24 horas por dia, 7 dias da semana.
  • Ele também serve como uma máquina que colherá informações relacionadas ao comportamento e preferências de seus visitantes.

Agora duas perguntas que ficam no ar:

Se você tem um site, há quanto tempo você não o atualiza?

Se a resposta para a pergunta foi “atualizei ele esta semana”, você está de parabéns.

Agora, se a resposta foi “eu ainda não tenho site” ou “tem muito tempo que eu não atualizo”,  saiba que você pode estar perdendo muitas oportunidades de negócio por conta disso.

Mas aí surge a seguinte dúvida: Como eu posso estar perdendo visitas se meu site está no ar há muito tempo?

A resposta é bem simples, como o Google vai entender que seu negócio tem coisas novas à oferecer se o seu site não muda há muito tempo?

E quando eu digo mudar não se trata necessariamente da mudança no visual mas, a mudança de conteúdo, criação de novas páginas ou de novas sessões informativas, ricas em detalhes, imagens e até mesmo vídeos.

Todos os sites que estão publicados na internet são visitados pelos mecanismos do Google, as famosas googlebots. 

Tendo em vista que o Google busca sempre oferecer o melhor conteúdo e o mais atualizado para os seus usuários,  faz sentido que, quem não tem novas informações para oferecer perde relevância e posicionamento nos resultados de sua busca.  Portanto com a crescente popularização da internet, é cada vez mais comum que empresas façam sites para divulgar seus negócios, com isso a concorrência só aumenta e a disputa pelos primeiros lugares no Google se tornam cada vez mais difíceis. 

Ter apenas um site não lhe garantirá visitas vindas do Google e de outros motores de busca, afinal muitos estão entrando agora e também querem aparecer.

E é pensando nisso que aconselhamos sempre manter o seu site atualizado com informações interessantes e cada vez mais personalizadas, sempre de acordo com a preferência do seu público-alvo,  assim seu site nunca deixará de receber visitas e mostrar ao Google que você tem uma grande preocupação em fornecer informações ricas e pertinentes para sua audiência.

Uma boa maneira de potencializar a relevância dos seus novos conteúdos é usando táticas de otimização de conteúdo, ou SEO.

O que é seu SEO? 

SEO (Search Engine Optimization) é uma maneira de dizer mecanismo de otimização de busca ou seja, ele é conhecido como o conjunto de técnicas que visam a otimização do conteúdo de um site para que através dele, melhore o posicionamento do site nos resultados das buscas orgânicas,  seja ela do Google, Bing e demais motores de buscas presentes na internet. 

Okay, mas como o SEO vai me ajudar na prática? E quais são essas técnicas de otimização?

Antes de começarmos a falar de SEO, devemos entender que essa otimização será reconhecida ao longo das semanas (ou meses), pois são técnicas que precisam ser aplicadas em todos site e que serão analisadas e reconhecidas posteriormente pelos sistemas de busca.

Assim, este processo se torna algo um pouco mais demorado mas que, com o passar do tempo se provará consistente e de baixo custo no que se refere ao objetivo de conquistar mais visitas e conversões através do site.

Agora, caso você precise de soluções que dêem um retorno mais rápido, saiba que será preciso investir recursos financeiros para conquistar mais visitas.

Uma boa saída para isso é o Google Adwords e/ou Facebook Ads.

Com eles você conseguirá investir uma determinada quantia em dinheiro e conseguirá atingir de modo instantâneo as pessoas que se interessam pelo seu produto ou serviço.

Mas se você deseja algo mais permanente e duradouro, eu te recomendo trabalhar o SEO do site de modo intenso e atencioso. Com ele você conseguirá obter resultados constantes que vão fornecer conversões a um custo muito baixo.

Chega de papo e vamos entender como funciona esse tal de SEO!

A primeira coisa quando se planeja otimizar um site com base nas técnicas de SEO é ter em mente qual é o nosso público-alvo e qual é o objetivo que queremos alcançar. 

Vamos supor que temos uma loja virtual onde vamos vender canecas estilizadas.

Podemos presumir que nosso público alvo é composto por pessoas que gostam de canecas e que ao mesmo tempo gostam de objetos com design mais estilizado, que fogem do tradicional.

Devemos também ter em mente que nosso objetivo é alcançar essas pessoas para que elas possam visitar o nosso site e realizar compras constantemente.

Com base nessas informações, temos que otimizar o nosso site focando sempre em encontrar:

  • pessoas que procuram por objetos personalizados e com um design criativo.
  • que estejam procurando por canecas. Como vamos vender pela internet precisamos ver se a loja tem a capacidade de atender todo Brasil ou determinada região do país, pois, caso a loja tenha um interesse específico em determinada cidade ou estado, vamos focar em divulgar conteúdos específicos e que sejam do interesse deste público. 

Basicamente, com o nosso público-alvo e com o nosso objetivo definido, podemos partir para ação, onde vamos criar conteúdos que sejam pertinentes para essas pessoas a fim de trazê-las para a loja virtual, possibilitando que conheçam o nosso produto.  

Ao chegar à loja, onde o conteúdo estará todo organizado e atualizado, não será difícil para o visitante encontrar o que ele quer,  entender tudo com clareza e se for do seu interesse e viabilidade econômica, realizar a compra.

Seguindo como base este exemplo, podemos perceber que o maior investimento que tivemos foi na criação de conteúdos, na utilização da estrutura organizacional do site (que já existente, porém foi otimizada), e na manutenção da clareza das informações nele presente.

Legal, e onde eu colocaria essa quantidade enorme de textos?

Um tipo de sessão interessante a ser adicionada em seu site para oferecer conteúdos ricos em informações e palavras chaves é o blog.  

Utilizando um blog, você poderá realizar postagens frequentes ( sejam elas semanais ou mensais), e assim conseguirá criar bastante conteúdo relevante para sua audiência, mostrando ao Google que seu site se preocupa em oferecer informações atualizadas aos seus visitantes.

Outra técnica que você pode realizar para enriquecer o conteúdo do seu site é fornecer informações detalhadas e pertinentes sobre seu produto ou serviço.

Por exemplo, vamos usar novamente a idéia da loja virtual que vende canecas. Com um blog podemos:

  • fornecer informações detalhadas sobre o design da caneca (Quem a criou e qual o significado do seu design), 
  • informações e sugestões de uso para essa caneca (Se ela pode ser usada em escritórios como porta-objetos ou para o uso convencional, para beber alguma coisa).
  • Fornecer conteúdos técnicos e detalhes sobre outros produtos que são parecidos com este.

Entenda que o espírito da coisa é publicar e fornecer conteúdos, deixando seu site rico em palavras chaves para que sua audiência possa te encontrar com facilidade após realizar uma busca no Google pelo assunto que você acabou de criar. Podemos dizer que as palavras chaves são o elo mais forte que o Google tem para linkar você e sua audiência.

Seguem abaixo 8 dicas práticas de SEO para deixar seu conteúdo mais relevantes.

Dicas rápidas e práticas de SEO

Dica 1 – coloque as palavras chaves no título do texto.

O título do seu texto é a primeira coisa que vai aparecer no Google,  sendo assim ele precisa ser claro direto e sucinto.  Com isso seu nível de aceitação será maior e despertará mais interesse de quem estiver buscando por determinado conteúdo.

Dica 2 – Trabalhe com a Meta Description separadamente

Essa já é uma técnica mais avançada onde você precisará talvez da ajuda de um profissional web. 

Se você usa um gerenciador de conteúdo para atualizar as informações do seu site, como o WordPress (se você ainda não conhece clique aqui),  você conseguirá realizar essa tarefa com facilidade através do plugin Yoast

As meta tags description fornecem aquele texto descritivo que aparece logo abaixo do título, nos resultados das buscas do Google. 

Se sua meta tag description resumir bem o conteúdo e ao mesmo tempo, for instigante e atrativa,  terá mais chances do internauta clicar nela e ir para o seu site. 

Ao mesmo tempo o Google irá entender que trata-se de um conteúdo relevante e cada vez mais ele irá posicionar esta página em um nível mais alto nos resultados das buscas.

Dica 3 – Utilize apenas um H1 na página

 H1 é uma tag utilizada pelos desenvolvedores web para definir uma frase como sendo o título principal e de maior importância na página.  essa tag é interpretada pelo Google como sendo o título principal,  portanto se estiver presente mais de um H1 na página ambos podem confundir o Google e prejudicar o posicionamento da página nos resultados da busca.

Dica 4 –  Utilize H2 para organizar os subtítulos do seu texto

O H2 é ideal para organizar os subtítulos do seu texto. Caso você não tenha o costume de usar subtítulos, eu lhe recomendo a usar pois são ótimas oportunidades para inserir mais palavras chaves no site.

Dica 5 –  Utilize H3, H4 e H5 para destacar as sessões do seu texto

De preferência para o uso das tags H3 H4 e h5 para organizar as sessões do seu texto.  Evite aumentar o tamanho da fonte ou mudar a cor para obter mais atenção do leitor,  pois fazendo isso você corre grande risco de fugir do padrão layout do seu site, deixando esteticamente bagunçado e despadronizado. 

Dica 6 –  Insira uma descrição nas suas imagens

Ao inserir uma imagem dentro do seu texto evite colocar o nome original dela, dê preferência para o uso das palavras chaves que você está buscando evidenciar em seu site. Por exemplo, muitas vezes  quando acabamos de tirar as fotos de uma máquina digital a mesma vem nomeada com uma série de letras e números. Ao perceber isso altere o nome da foto e coloque nele palavras-chaves relevantes. Vamos utilizar o exemplo da loja de canecas:  Vamos publicar no site uma foto de uma caneca para a loja virtual. 

Essa caneca tem uma arte que celebra o Dia das Mães. Então, visando otimizar o nome da foto, podemos renomeá-la  para que fique da seguinte maneira:

Perceba que renomeando o nome da imagem você consegue passar ao Google a informação de que esta foto se refere a foto de um produto que é uma caneca estilizada, onde celebra o Dia das Mães e que está disponível na loja de canecas.  

Perceba que com poucas palavras chaves ( porém eficientes)  você consegue dizer aos motores de busca e a quem visualiza essa imagem, muitas informações sobre o seu negócio.

Dica 7 – Procure utilizar links dentro do seu texto

Uma das formas de deixar o seu texto com mais relevância e credibilidade é inserindo links para outros textos, estejam eles  presentes no seu site ou não. Lembrando que estes links devem ter o assunto relativamente similar ao seu.

Dica 8 – Utilize URL amigáveis

Uma URL nada mais é do que o endereço digital da sua página na internet. Você pode observar a sua URL na barra de endereço do seu navegador.

Dê preferência para utilização de URL amigáveis, ou seja (assim como no exemplo do nome da imagem citado na dica 6) elas devem ser relevantes e devem transmitir a essência do seu conteúdo de modo resumido e claro.

Conclusão 

O trabalho de administrar um site não termina quando Web Designer pública ele na internet. Pelo contrário, é neste momento que começa a longa jornada em busca de mais visitas e mais conversões. 

Temos que entender que um site não será eficiente se não for atualizado e otimizado constantemente.  Ao contrário do que muitos acreditam, um site precisa ser monitorado pois ele é a porta de entrada que seus clientes usam para chegar até a sua Empresa.

Fred Bueno

Fred Bueno

Sou designer especialista em Estratégias Digitais e a mais de 11 anos
trabalho com a criação de Sites WordPress.

Durante minha vida profissional, tive a oportunidade de estar envolvido em mais de
340 projetos - seja de identidade Visual ou Criação de Sites WordPress - dos quais presenciei de perto a trajetória de muitas empresas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Buscar no Site

Categorias

Inscreva-se na Lista de Espera.

Garanta sua Vaga na próxima turma!

Informe seu e-mail para receber adiantadamente o aviso do Lançamento da nova turma e Benefícios Exclusivos do curso.